Você está em:
Postado há 0000-00-00 00:00:00

Número de cheques devolvidos cai e atinge o menor nível em 16 meses

O indicador, divulgado nesta sexta-feira (19), mostra que a devolução de cheques ocorrida no mês passado é menor que a taxa de 1,87% registrada em dezembro e de 2,29% verificada em janeiro do ano passado.

A inadimplência com cheques começou o ano com o menor índice em 16 meses. De acordo com o Indicador Serasa Experian de Cheques Sem Fundo, a inadimplência ficou em 1,85% em janeiro.

 

O indicador, divulgado nesta sexta-feira (19), mostra que a devolução de cheques ocorrida no mês passado é menor que a taxa de 1,87% registrada em dezembro e de 2,29% verificada em janeiro do ano passado.

De acordo com os analistas da Serasa, o retorno da confiança do consumidor, mediante a melhora do cenário econômico do País já a partir do segundo semestre do ano passado, contribuiu para a melhora do índice.

Além disso, o aumento dos níveis de empregabilidade e da renda também foram determinantes para o resultado positivo.

Alternativa

Segundo os analistas, o cheque pré-datado foi alternativa para o varejo durante a crise econômica, já que a oferta de crédito estava menor. Porém, passada a turbulência, essa forma de pagamento deixou de ser alternativa para o financiamento.

Ao todo, 1,673 milhão de cheques foram devolvidos no mês passado e 90,587 milhões foram compensados.

Na comparação com janeiro de 2009, tanto o número de cheques emitidos como o de devolvidos foi menor. Naquele mês, 104,977 milhões de cheques foram compensados e 2,406 milhões, devolvidos.

Frente a dezembro, também houve queda, já que no último mês de 2009, 1,987 milhão de cheques foram devolvidos e 106,342 milhões, compensados.