Você está em:
Postado há 0000-00-00 00:00:00

Governo federal prevê carga tributária maior em 2009

Fonte: SINTAF-RS

Na proporção com o PIB, receitas da União devem crescer em 2008 e 2009 Dados contidos na proposta de orçamento federal para o ano de 2009, enviada na última semana pelo governo ao Congresso Nacional, mostram que a carga tributária da União deverá crescer acima do aumento previsto para o Produto Interno Bruto (PIB) em 2008 e 2009.Em 2007, segundo dados da proposta orçamentária do próximo ano, a arrecadação do governo com tributos, com o INSS e com as demais receitas (a chamada receita primária total), somou R$ 620,3 bilhões, ou 24,24% do PIB.Para 2008, a estimativa é que este valor suba para R$ 715,7 bilhões, ou 24,83% do PIB. E a previsão para 2009 é de nova elevação: para R$ 808,8 bilhões, ou 25,38% do PIB.Receita líquidaO montante total de recursos, porém, não fica todo com a União. Parte é repassada aos Estados e municípios sob a forma de transferências constitucionais. Em 2007, essas transferências somaram R$ 102,5 bilhões. Para 2008, a projeção de transferências é de R$ 123,7 bilhões, o que resultará em uma receita líquida de R$ 592 bilhões, ou 20,53% do PIB.Para 2009, a estimativa do governo é de que as transferências aos estados e municípios somem R$ 144,3 bilhões, e que as receitas do governo, após este pagamento, totalizem R$ 664,4 bilhões, ou 20,85% do PIB. As informações são do site G1.Zero Hora Online