Você está em:
Postado há 0000-00-00 00:00:00

MG - Empresas têm prazo para evitar cancelamento de registro

Fonte: JusBrasil

Mais de 37 mil empresas mineiras terão prazo até 24 de novembro para evitar o cancelamento de seus registros na Junta Comercial do Estado de Minas Gerais (Jucemg). A secretária-geral da Junta, Marinely Bomfim, alerta que empresas individuais, sociedades limitadas e sociedades anônimas poderão ser declaradas inativas. A medida atinge àqueles que nos últimos 10 anos, período encerrado em 30 de junho de 2008, não entraram com qualquer documento na Jucemg.Os responsáveis pelas empresas devem comunicar se estão em funcionamento, em paralisação temporária de atividade ou se houve ato de alteração em seus registros de arquivamento. Caso contrário, terão seus registros cancelados, perderão a proteção de seus nomes empresariais se não adotarem o procedimento e ainda será comunicado às autoridades arrecadadoras -Receita Federal, Receita Estadual, INSS e Caixa Econômica Federal (FGTS).No site da Jucemg, os empresários e seus representantes legais -contadores, contabilistas e advogados, dispõem de todas as informações sobre o cancelamento do registro. Todo esse processo pode ser feito também na sede da Jucemg, em Belo Horizonte - avenida Santos Dumont, 380; em Contagem, no Centro das Indústrias das Cidades Industriais de Minas Gerais (CICI) - avenida Babita Camargos, 766; nos escritórios regionais da Jucemg de Juiz de Fora, Uberlândia, Varginha, Governador Valadares, Uberaba, Montes Claros e nos postos do PSIU/UAI de Alfenas, Araguari, Araxá, Caratinga, Curvelo, Divinópolis, Leopoldina, Muriaé, Paracatu, Patos de Minas, Poços de Caldas, Pouso Alegre, São João del-Rei, Sete Lagoas, Teófilo Otoni, entre outras cidades.A documentação pode ser encaminhada ainda pelas Associações Comerciais e Sindicato das Empresas de Consultoria, Assessoria, Perícia, Informação, Pesquisas e Empresas de Serviços Contábeis do Estado de Minas Gerais (Sescom) - avenida Afonso Pena, 748, 24º andar, em Belo Horizonte, das 8h às 18h.Estão ameaçadas de cancelamento 37.235 empresas em todo o Estado. O maior número está concentrado nas regionais de Belo Horizonte, com 16.173 empresas; Varginha, 4.976; Juiz de Fora, 4.562; Governador Valadares, 4.042; Uberlândia, 3.165; Montes Claros, 2.644; e Uberaba, 1.673 empresas. A listagem está disponível no site www.jucemg.mg.gov.br. É só clicar no menu informações e depois em cancelamento administrativo.