Você está em:
Postado há 0000-00-00 00:00:00

BA - Contribuintes terão mais facilidade no envio de arquivos para a Sefaz

Auxiliar o trabalho dos contribuintes e contadores.

Auxiliar o trabalho dos contribuintes e contadores. Esse é o principal objetivo do Integrador, programa desenvolvido pela Secretaria da Fazenda do Estado com o objetivo de tornar mais simples o envio pelas empresas, para o Fisco Estadual, de arquivos eletrônicos obrigatórios. O lançamento do Integrador será na próxima quarta-feira (15), às 9h, na sede do Conselho Regional de Contabilidade (CRC), nos Barris. Estarão presentes o secretário da Fazenda, Carlos Martins, a presidente do CRC, Maria Constança Galvão, conselheiros do órgão, contabilistas, além de representantes da Receita Federal e do SESCAP (Sindicato das Empresas de Serviços Contábeis).

"A integração Fisco-contribuinte é hoje uma realidade na Bahia. Por isso, a Sefaz, procurando estreitar ainda mais os laços de parceria com os contadores e contribuintes, após análises e estudos, desenvolveu um programa que contempla essa solicitação antiga. Havia uma grande dificuldade de agrupar informações: os dados contábeis, do ECF e da contabilidade", destaca o secretário da Fazenda, Carlos Martins. O programa Integrador poderá ser baixado pelo www.sefaz.ba.gov.br, Canal Inspetoria Eletrônica, Downloads, Programas - Integrador.

O sistema Integrador permitirá ao contribuinte importar arquivos no formato do Convênio ICMS 57/95 do ambiente da contabilidade e do ambiente gerencial, possibilitando inserir, editar e excluir os registros do Sintegra gerando ao final um único arquivo eletrônico no padrão Sintegra para ser enviado à Sefaz. Como reforça o superintendente de Administração Tributária da Sefaz, Cláudio Meirelles, "o objetivo é auxiliar os contadores e contribuintes no preenchimento dos arquivos magnéticos do SINTEGRA, integrando os dados gerados pelos escritórios de contabilidade com os dados gerados pelos aplicativos que comandam o ECF e que se encontram no estabelecimento do contribuinte".

O programa foi desenvolvido pela Gerência de Automação Fiscal em parceria com a Diretoria de Tecnologia da Informação da Secretaria da Fazenda.

CompartilheNas redes sociais