Você está em:
Postado há 0000-00-00 00:00:00

Estratégias Empresariais

Autor: PATRÍCIO FRANCISCO DA SILVASe a crise é internacional ou não eu não sei, só sei que teremos muitos desafios em 2009. Com toda a turbulência vivida pela economia do país, uma das mais freqüentes perguntas nas rodas empresariais é: Como será o ano de 2009 para os nossos negócios? Outra dúvida é: Será que as previsões se concretizarão? Ou ainda, será que alguém tem informações o suficiente para profetizar um ano de tamanhas incertezas como é o caso do ano de 2009?Longe da pretensão de oferecer soluções para os problemas eminentes já conhecidos para 2009, tenho algumas sugestões para que sua empresa tenha mais um ano de normalidades, sem perdas e com grandes chances de crescimento. Gostaria de deixar claro que será um ano de alerta geral, as projeções deverão receber uma pitada de cautela, porque o cenário está repleto de incertezas geradas por especulações irresponsáveis e que os temas sugeridos não esgotem aqui.As sugestões a seguir devem ser base para um grande debate, não poderão ser conclusivas, que seja fonte de reflexão e análise, porque, em tempo de crise, a atenção na configuração do cenário competitivo é vital para tomada de decisões. Minha proposta é que tenhamos um grupo de estratégias capazes de nos colocar definitivamente no "roll" de empresários que cresceram na "crise"- eis o desafio.Como sabemos previsões não é o forte de um consultor, mas, como especialista em estratégias empresariais, tomei a liberdade de fazer algumas avaliações do cenário que se configura para o ano que vem e sugerir algumas estratégias:1 - Mantenha os gastos sob controle; os custos e as despesas precisam estar em harmonia com o faturamento, o índice percentual não poderá sofrer aumento e REDUZA-OS ASSIM QUE POSSÍVEL. Aproveite este mesmo cenário de crise para baixar custos negociando com fornecedores e eliminando desperdícios.2 - Esqueça o jargão qualidade; se o produto ou serviço da empresa não satisfizer seu cliente, seu negócio será posto em "check", então, explore ao máximo suas principais competências e focalize a fidelização dos clientes da empresa. Enfoque neste momento os diferenciais, agregue valor aos produtos/serviços existentes. Envolva os cientes nas iniciativas e criações da empresa.3 - Amplie os canais de vendas; uma das maneiras mais eficazes de criar musculatura anti-crise é ter um canal de distribuição sólido e competente. A força de vendas precisa estar mais comprometida com os objetivos estratégicos da empresa, a integração do setor comercial com os demais setores é fundamental para que o foco seja mantido e o planejado executado.4 - Aumente os esforços de marketing; elabore estratégias de marketing com mais agressividade, deixe de ser comprado e prospecte mais as vendas e oportunidades de negócios. Utilize mais a internet como ferramenta de promoção institucional.5 - Utilize o Endomarketing como estratégia empresarial; trabalhe com a equipe interna soluções que possibilite a consecução dos objetivos estratégicos. Envolva o máximo as pessoas nas estratégias definidas e faça com que cada um se responsabilize pelo desempenho e apuração dos indicadores de desempenho das ações e iniciativas. Motive - os para que assumam risco e executem suas tarefas com perseverança e atenção.Por fim, como já afirmado anteriormente são estratégias empresariais que os auxiliarão no novo ano, cada negócio tem uma realidade, cabe a cada empresário analisar a aplicabilidade destas estratégias e adequar seu planejamento para 2009. Busque interatividade com outros empresários através de entidades de classes na hora de avaliar o cenário, neste momento a multidisciplinaridade das visões empresariais é muito importante para o sucesso do plano.

CompartilheNas redes sociais
Outros ArtigosDo dia 30 de December de 2008