Você está em:
Postado há 0000-00-00 00:00:00

Crise - Visão de futuro - Estratégia

No mundo moderno devemos aprender que as oportunidades de negócios e mudanças estruturais que possibilitem maior viabilidade econômica de qualquer atividade estão relacionadas diretamente com a CRISE, pois diante dos avanços tecnológicos motivadores por experiências devidamente comprovadas, que condiciona os avanços em educação e conseqüentemente norteia o mercado global, interfere indubitavelmente na decisão de onde investir, como investir, quanto investir, com quem investir, e quando investir.Nesse contexto a CRISE representa um desafio que pode advir de qualquer oportunidade lucrativa, ou seja, ressurgindo das cinzas como uma Fênix, mas essa atividade não se mantém indefinidamente, pois no mercado existente as dificuldades se aceleram cada vez mais, exigindo habilidades cada vez maiores para vencê-las, mantendo o interesse dos investidores, em outras palavras, para manter o fluxo da existencial da CRISE, representando desafios crescentes ás habilidades necessitarias devem crescer proporcionalmente, caso contrário pede-se perder o desafio apresentado pela CRISE.Para que possamos enfrentar uma CRISE, precisamos de habilidades ou recursos quais sejam tangíveis e intangíveis, dentre esses podemos destacar uma EDUCAÇÃO CONTINUADA com qualidade necessária para capacitar os integrantes do grupo que se apresenta como ameaçado.Na vida cotidiana, os sentimentos que temos dependem da relação entre nível dos desafios com que somos confrontados e o nível de habilidades que temos. Quando os desafios são altos demais, e ultrapassam nossas habilidades, de inicio ficamos frustrados, depois preocupados e ansiosos. Uma das alternativas é recuar para uma situação menos desafiadora, diminuindo os desafios aceitos em vez de tentas líder com a tarefa geradora de ansiedade.Acontece que os desafios motivadores pela CRISE se apresentam cada dia mais voraz e poderá nos devorar, facilmente caso não saibamos enfrentá-los, o que nos deixa somente um caminho, conseguir meios para combatê-los o mais breve possível, já que sabemos que a cada dia, que se apresenta os desafios se desenvolvem e devemos está sempre preparados para vencer, ou perecer.O profissional deve se preparar o mais urgente possível e ainda encontrar os parceiros, necessários para apóiá-lo nessa batalha, assim como a empresa através da concorrência globalizada existente no mercado em que a mesma está inserida, mas isso depende somente de sua decisão de progredir, saindo em busca de recursos que possam agregar valor a sua batalha incansável e constante.Devemos observar com bastante propriedade que a CRISE tem sua potencialidade elevada quando a empresa ou profissionais não estão preparados para enfrentá-la, o fator surpresa, o fator oportunidade, o fator momento, que diante de um PLANEJAMENTO EMPRESARIAL bem elaborado pode representar um dos recursos para saber como enfrentar determinadas situações motivadoras pela CRISE.Mas para tudo isso possa ser entendido precisamos DECIDIR proceder às mudanças estruturais necessárias para amealharmos citados recursos que possam nos ajudar a enfrentar situações motivadores de uma CRISE.Precisamos ter uma VISÃO DO FUTURO para a sobrevivência da atividade operacional da empresa e principalmente para a sobrevivência de atividade profissional, pois a cada dia que se passa o cenário econômico mundial se transforma, todo dia se constituem empresas de todos os tamanhos e modalidades, e conseqüentemente registramos a falência, baixa, ou desaparecimento de diversas empresas que nos pareciam fortes e potentes, mas devemos aprender a fortaleza de qualquer empresa ou profissão dependem de VALORES INTRINSECOS e EXTRINSECOS, que possam legitimar seus valores e decisões pessoais.Ter uma VISÃO DO FUTURO é necessário e existencial para o continuísmo de uma atividade econômica. Encontramos em nossa vida diversas empresas e profissionais que se dizem conhecer suas atividades, citada expressam comprovam a sua total ignorância e lamentavelmente será a motivadora de sua derrocada.Podemos definir como a única forma de sobrevivência da espécie, de uma atividade econômica, ou de uma atividade profissional, e isso é inegável, a nossa visão de futuro deve ser uma constante em nossa vida, pois isso nos possibilita encontrar meios ou respostas para atenuar ou enfrentar o inesperado apresentado pela CRISE existencial. O profissional ou empresa que deseja continuar com suas atividades lucrativas devem ter uma ESTRATÉGIA ou várias, resultando de sua VISÃO DO FUTURO que possa encontrar instrumentos ou meios para enfrentar a CRISE que se avizinha a todo o momento de nossas vidas.Então podemos concluir precocemente que a ESTRATÉGIA é fator motivador para a sobrevivência da espécie humana, procurando conhecer, se educar, se capacitar, se qualificar, se modernizar para encontrar recursos e enfrentar os problemas causados pela CRISE.A competência cresce proporcionalmente ás habilidades da pessoa e a suas aplicações significativas. Sentir-se competente para exercer determinado papel social significa sentir-se qualificado, capaz, forte, suficiente e adequado para desempenhar qualquer responsabilidade. Quando o talento, as habilidades e os recursos pessoas são utilizados de forma produtiva na superação de um desafio, problema ou dificuldade, a pessoa se sente competente e tem reforço da auto-estima.O desenvolvimento de competências emocionais relacionadas com as emoções positivas requer a utilização de metodologias adequadas durante o tempo necessário, tendo-se em mente que a mudança de comportamento emocional demanda, além da vontade de querer mudar, também de um esforço continuado de perseverança constante. Podemos resumir o presente arquivo de modalidade conclusiva que a EDUCAÇÃO CONTINUADA representa um dos mais importantes instrumentos necessários para que o conhecimento da VISÃO DE FUTURO o capacite a escolher a melhor ESTRATEGIA para enfrentar a CRISE.ELENITO ELIAS DA COSTA Contador, Auditor, Analista Econômico e Financeiro, Instrutor de Cursos do SEBRAE/CDL/CRC, Professor Universitário, Professor Universitário Avaliador do MEC/INEP do Curso de Bacharelado em Ciências Contábeis, Consultor do Portal da Classe Contábil, da Revista Netlegis, do Interfisco, do IBRACON – Instituto dos Auditores Independentes do Brasil (Boletim No.320), Autor de vários textos científicos registrados no Instituto de Contabilidade do Brasil, sócio da empresa IRMÃOS EMPREENDIMENTOS CONTÁBEIS S/C LTDA. E-mail: elenitoeliasdacosta@gmail.com

CompartilheNas redes sociais
Outros ArtigosDo dia 05 de September de 2008