Você está em:
Postado há . Atualizado há

Entenda os motivos que levam uma pessoa na faixa dos quarenta anos a querer mudar de vida

Todos sabemos que a vida tem diversos desafios e milhares de constantes mudanças que geram novas etapas de vida

Fonte: O Autor

Todos sabemos que a vida tem diversos desafios e milhares de constantes mudanças que geram novas etapas de vida. Colocando nesta conta encontramos desde um casamento bem sucedido que muda as nossas decisões até uma frustração com o antigo emprego que nos obriga a querer mudar de ares, podemos constatar que essa "revisão de vida" pode acontecer a qualquer momento, independente da idade.

Mas então, por quais motivos a famosa faixa dos quarenta anos se tornou a preferida por muitos para começar uma revisão de tudo o que foi feito ao longo da vida?

A Master Coach, Bianca Caselato, listou alguns pontos que justificam esses desejos a partir dos quarenta!

1 - Meio do caminho da vida

Em linhas gerais, a partir dos quarenta anos uma pessoa começa a se perguntar o que foi feito da sua vida e se valeu tudo o que foi feito até aqui, justamente por entender que está no meio do caminho entre o seu nascimento e os últimos dias de sua vida: "Muitos começam a olhar para frente como se tivesse faltando pouco tempo de vida e começam a reavaliar tudo. São profissionais que se consideram pessoas feitas e maduras mas que ainda não se encontraram. Um dos questionamentos mais comuns neste caso é a famosa pergunta 'como começar de novo' quando, na verdade, a pergunta deveria ser 'como não vou começar' e isso faz toda a diferença. "

2 - Desafio em começar uma nova jornada

Mais do que ter uma certa idade para essa reflexão, o mais importante é encontrar o seu lugar no mundo mesmo que para isso seja necessário estudar e começar algo novo. O desejo de começar algo novo é algo excitante para quem está se sentindo estagnado. Para Caselato, a grande felicidade do ser humano não está no fim, mas na jornada que está por começar:

"O começar de novo é praticamente uma injeção de ânimo mesmo que pareça faltar pouco tempo de vida, mas quem falou que não há tempo de recomeçar? Quando se começa e viver a vida a partir do agora, é possível curtir a jornada e é aí que tudo faz sentido independente da idade."

3 - Recomeçar sempre, mas nunca do zero

O que pode assustar nesta etapa de vida em que muitos chegam em uma encruzilhada pessoal é o medo de deixar de lado tudo o que foi feito até então - o que, na análise de Caselato, não acontece. A especialista aponta que recomeçar não é deixar de lado o passado, pois toda a maturidade que se adquiriu até os quarenta anos não acaba na lata de lixo:

"Todas as nossas experiências servem de embasamento para um novo ciclo, ou seja, nunca começamos do zero. Nada é jogado fora, a nossa experiência de vida para nada, muito menos para uma nova profissão ou carreira. É a sensação de uma vida nova em uma nova jornada."

No final das contas, Bianca lembra que aos quarenta anos a pessoa ainda tem muita lenha para queimar, que a expectativa de vida das pessoas está se aproximando dos 80 anos, e que nunca se sabe o dia de amanhã - e é justamente por isso que o recomeçar é tão comum nesta faixa etária: É uma questão mais mental do que cronológica.

CompartilheNas redes sociais