Você está em:
Postado há . Atualizado há

É tempo de acão e atitude

O profissional globalizado tem objetivo e traça seu planejamento estratégico para alcançá-lo

“O ser humano sabe que não deve para e se tem um foco ou objetivo deve empreender esforços para realizar esse objetivo” (Elenito Elias da Costa)

O profissional globalizado tem objetivo e traça seu planejamento estratégico para alcançá-lo, mesmo sabendo que há diversos obstáculos em seu caminho, mas seu comprometimento é sua bussola e nada deverá impedir a realização de seu foco.

Sabemos que o BRASIL está totalmente em desequilíbrio, os poderes se digladiando entre si, o Capital se incorporando nos valores e princípios de muitos depreciando sua honra, caráter e personalidade, mas esses sintomas parecem esquecidos por muitos.

A gula do Capital se tornou o maior objetivo e isso destrói muitos valores e o mais agravante deixa o ser humano menor, egoísta, mesquinho e o mais grave pensa que tudo pode.

Somos vitimas de nossa própria incompetência, veja o caso do STF, se deixou levar por outro tipo de valores e contribui para a destruição do Brasil juntamente com os demais poderes.

Vou comprovar a falácia da nossa Nação:

“Todo o poder emana do povo, que o exerce por meio de representantes eleitos ou diretamente, nos termo desta Constituição”

Uma Nação sem educação de qualidade é facilmente induzida a votar em qualquer um vivaldino ou oportunista que se apresente com um Marketing político, distribuindo santinho, ou qualquer outra coisa, e provavelmente se elegerá.

O que nos torna diferente dos silvícolas? O que mudou?

Vamos contar uma piada que todos sabem e tem a contribuição de nossa Constituição Federal:

“Dos direitos e deveres individuais e coletivos

“Todos são iguais perante a lei, sem distinção de qualquer natureza, garantindo-se aos brasileiros e aos estrangeiros residentes no País a inviolabilidade do direito á vida, á liberdade, á igualdade, á segurança e a propriedade, nos termos seguintes.”

São direitos sociais, a educação, a saúde, a alimentação, o trabalho, a moradia, o lazer, a segurança, a previdência social, a proteção á maternidade e a infância, a assistência aos desamparados, na forma desta Constituição.

Quer outra piada, vamos encontrar no artigo 142 da Constituição Federal:

“As Forças Armadas, constituída pela Marinha, pelo Exercito e pela Aeronáutica, são instituições nacionais permanentes e regulares, organizadas com base na hierarquia e na disciplina, sob a autoridade suprema do Presidente da República, e destinam-se à defesa da Pátria, à garantia dos poderes constitucionais e, por iniciativa de qualquer deles, da Lei e da Ordem.”

Se por acaso, os Poderes Constituídos forem os autores da dilapidação do patrimônio da União, e proceder a ações e reformas que possam elevar os agravos sociais, deixando uma Nação refém de seus desmandos, pergunta-se:

Quem poderá nos ajudar?

Entendem agora, o tamanho do problema que temos?

Você acha que o VOTO é nossa opção?

No Artigo Primeiro do Código Civil, consta:

“Toda pessoa é capaz de direitos e deveres na ordem civil”

Consta ainda, a maneira como os políticos nos vêem:

“Artigo 4º. São incapazes, relativamente a certos atos, ou a maneira de os exercer:

Inciso IV – os excepcionais, sem desenvolvimento mental completo.”

Quando o político é corrupto e achacador, deve ser tratado:

“Dos Direitos a Personalidade – Artigo 11º. – Com exceção nos casos previstos em Lei, os direitos da personalidade são intransmissíveis e irrenunciáveis, não podendo o seu exercício sofrer limitação voluntária.”

Inclusive nosso Código Penal, versa no seu Artigo Primeiro:

“Não há crime sem Lei anterior que o defina. Não há pena sem préva cominação legal.”

Lembro que um Vampiro com uma Bruxa, ambos tem ardilosamente um plano alternativo para se manter no Poder, a história nos ensina.

Acredito que manter a população em desequilíbrio emocional, tirando-lhe o apoio dos programas sociais, é uma alternativa para fragmentar uma possível união, e deixar a Nação em desespero, pois um ser desesperado busca primeiramente a sua sobrevivência e se esquece da coletividade, ficando mais fácil dominá-lo, eis o grande segredo.

E sem educação de qualidade e cultura similar, qualquer animal pensa somente na sua sobrevivência.

Desculpe leitor estava sonhando quando escrevi essa fantasia, e não posso esquecer o final.

E eles viveram felizes para sempre. Quem são ELES?

Autor: ELENITO ELIAS DA COSTA, um ser pensante.

CompartilheNas redes sociais
Outros ArtigosDo dia 18 de October de 2017