Você está em:
Postado há . Atualizado há

O Brasil em análise para os brasileiros sensatos e com educação diferenciada

Os poderes constituídos devem rever suas estratégias e proceder á melhorias que a sociedade deseja

“Cada brasileiro deve refletir sobre uma análise profunda dos Poderes Constitucionais e decidir nas eleições se deve ratificar ou não esses candidatos, pois é fato comum uma renovação total”(Elenito Elias da Costa)

Os poderes constituídos devem rever suas estratégias e proceder á melhorias que a sociedade deseja, pois inexiste nenhuma dúvida da reprovação dos representantes de que trata a Constituição Federal, por motivos óbvios.

É cristalino entender que as REFORMAS em fase de aprovação depõem contra a sociedade brasileira, e alguém deve pagar o PATO no pleito que se aproxima, pois a sociedade está mais consciente que precisa tomar uma AÇÃO e ATITUDE condizente para prócer a assepsia desse sistema que comprovadamente está em processo de decomposição cancerígeno.

O SUPERAVIT mínimo, não concede ao pesquisador vislumbrar uma estabilidade, pois as oscilações e volatilidade derivativas do impacto das REFORMAS aprovadas e em processo de aprovação hão de afetar seriamente o giro da moeda, e ainda a dificuldade de manter o tripé que sustenta nossa economia, no tocante a investimentos externos, que só acontecerá com a estabilidade política mesmo que a taxa de juros seja atrativa.

Devemos entender que os investidores internacionais, têm maiores e melhores informações sobre os acontecimentos que nos vendam através das mídias.

Por exemplo, quais as notas dadas pelas as agências de Rattings, sobre a Economia do Brasil?

Por que o FMI não ratifica os números positivados pela equipe econômica e a mídia brasileira?

Qual a estratégia do atual Governo, pois as ações, atitudes, movimentações e expressões da equipe econômica demonstram estado cadavérico da economia do Brasil.

Se, estamos em Superavit (mínimo) quase indecifrável, e sabendo que a explicação é do mercado de Serviço, isso não nos oferece segurança já que somos essencialmente um país de economia extrativa.

Por que somente AGORA o Governo e equipe econômica visualizaram o BRICS como solução para o Brasil?

As respostas negativas dos USA e Comunidade Européia, forçaram essa mudança de estratégia?

É certo que há uma instabilidade social e política, derivada dos escândalos financeiros envolvendo todos os poderes constituídos, e isso é altamente reprovável para o investidor externo?

Se, estamos conscientes que a estabilidade se avizinha, então por que os aumentos dos preços acontecem e a inflação se eleva?

Se, acreditamos que os números da economia informada se positivam, então por que continuar com as REFORMAS que detonam os direitos sociais da sociedade?

Se a JBS era a maior empresa de processamento e revendo de alimento animal, recebendo aporte de capital pelos órgãos governamentais e que foi autora de delações premiadas como podemos entender que esse fato não se desenvolveu em diversas outras empresas similares?

O que aconteceu com esse sistema que foi corroído pela corrupção e propinas de seus próprios idealizadores?

Será que essa fagulha de veracidade é uma estratégia para manter o sistema com suas peças íntegras evitando desgastes dos personagens maquiavélicos?

Quem são mentores intelectuais dessa façanha que concedeu à mídia a lúdica impressão de que esse sistema demonstra transparência?

Por que as mobilizações sociais não se movimentam mais?

Será que o silêncio da sociedade motivará um revés nas eleições que se aproximam com o seu voto de reprovação?

Sabendo que a educação da sociedade é pífia em sua qualidade quando comparada com os fatores internacionais, por que a primeira REFORMA atingiu o recurso para a educação?

Sabendo que a maior bandeira política é: Educação, Saúde e Infra- Estrutura e similares, a exigüidade dos recursos públicos atinge diretamente as regiões mais necessitadas e essa estratégia sempre foi utilizada para domar e domesticar essa sociedade, isso se comprova com essa imobilização social?

Será que vamos acreditar que uma senhora de nome MARCELA, casou virgem com o seu primeiro namorado e só por amor?

É fato que só um pretenso candidato tem o real apoio popular, por entender que o Brasil continental tem aproximadamente 210 milhões de habitantes e sabe que a base da pirâmide é que poderá mudar esse quadro, já que as Reformas depõem contra essa estabilidade fazendo com que a massa busque apoio de quem dantes a apoiava.

Considerando que o leitor é sensato e tem educação diferenciada, é factível que alguns pontos elencados mereçam suas observações e análise.

Continuem lendo meus Artigos e Livros publicados, e que sejam ouvintes das minhas Palestras ou de meus cursos Profissionalizantes, e ainda dos meus Projetos Sociais, pois a sua capacitação e qualificação não têm preço questionável, mas sua Ação e Atitude têm preços imensuráveis para o futuro promissor que desejamos.

“Não me importa a cor do gato, quer seja, branca, preta ou parda o importante é que peguem os ratos”. (Provérbio chinês)

Autor: ELENITO ELIAS DA COSTA, um ser com educação diferenciada.

CompartilheNas redes sociais
Outros ArtigosDo dia 05 de September de 2017