Bem vindo ao site de contabilidade da Sua Empresa

Área do Cliente

Área do administrador

85% das empresas latino-americanas trabalham em modelo híbrido ou totalmente remoto

Pesquisa realizada pela plataforma de idiomas Nulinga revela tendências em políticas de trabalho e RH na região

Com a pandemia de COVID-19 redefinindo os padrões de trabalho em todo o mundo, a América Latina não ficou para trás nas transformações. Segundo o relatório People Latam Report, desenvolvido pela plataforma corporativa de idiomas Nulinga, 86,4% das empresas latino americanas mantém o modelo híbrido ou totalmente remoto adotado no começo da pandemia. Enquanto isso, apenas 13,6% voltou ou nunca deixou de exigir dos colaboradores a presencialidade total.

A pesquisa, lançada no mês de agosto, também mostra que as empresas que preferem os modelos híbrido ou remoto são principalmente as de tecnologia. Cerca de 95% das empresas entrevistadas afirmaram que pretendem manter a modalidade de trabalho atual pelo menos pelos próximos 12 meses. Outro dado revelado pela pesquisa é que existe uma tendência clara de que empresas maiores, com mais de mil funcionários, têm menos probabilidade de serem totalmente remotas.

Pesquisa realizada pela plataforma de idiomas Nulinga revela tendências em políticas de trabalho e RH na região

Com a pandemia de COVID-19 redefinindo os padrões de trabalho em todo o mundo, a América Latina não ficou para trás nas transformações. Segundo o relatório People Latam Report, desenvolvido pela plataforma corporativa de idiomas Nulinga, 86,4% das empresas latino americanas mantém o modelo híbrido ou totalmente remoto adotado no começo da pandemia. Enquanto isso, apenas 13,6% voltou ou nunca deixou de exigir dos colaboradores a presencialidade total.

A pesquisa, lançada no mês de agosto, também mostra que as empresas que preferem os modelos híbrido ou remoto são principalmente as de tecnologia. Cerca de 95% das empresas entrevistadas afirmaram que pretendem manter a modalidade de trabalho atual pelo menos pelos próximos 12 meses. Outro dado revelado pela pesquisa é que existe uma tendência clara de que empresas maiores, com mais de mil funcionários, têm menos probabilidade de serem totalmente remotas.

No caso das empresas que adotam a modalidade híbrida, menos de 10% dos funcionários têm um dia fixo para ir ao escritório e quase 60% delas ainda possui escritório próprio. Mais de 82% das empresas híbridas têm menos de 60% de seus funcionários presentes em um dia comum.

Para Martin Perri, CEO da startup responsável pelo relatório, o impacto do trabalho remoto nos espaços de trabalho ainda está evoluindo, porém, não é algo recente em sua metodologia de trabalho. “Minha inclinação ao trabalho remoto não começou com a pandemia. Na verdade, não é nada nova. Em 2014, na minha startup anterior, que acabou sendo vendida em 2018, oferecíamos três dias de home office por semana, algo totalmente revolucionário para a época”, conta.

A Nulinga, que atua com programas de idiomas online para empresas em toda a América Latina, foi criada no começo de 2020 e já nasceu totalmente remota e partidária da política “live and work from anywhere”.

Inclusive, segundo o relatório, a política de “trabalhar de qualquer lugar” está se tornando cada vez mais popular. Cerca de 36% das empresas oferecem aos seus funcionários a possibilidade de trabalhar em um local de sua escolha e 11% oferecem a possibilidade de trabalhar em outra cidade dentro do mesmo país.

Já entre as empresas que são totalmente remotas, cerca de 76% oferecem a política de trabalho de qualquer lugar e quase 13% oferecem a possibilidade de trabalhar em outra cidade dentro do mesmo país.

O People Latam Report é resultado de vários meses de investigação conduzida pela equipe de pesquisa da Nulinga com profissionais de toda a América Latina, complementado pela opinião de renomados representantes da área de RH de diferentes países da região. Além das tendências de modalidades de trabalho, o material abrange ainda uma ampla gama de temas, que incluem flexibilidade no trabalho, os desafios de capacitação e desenvolvimento nas empresas e o uso da tecnologia em RH.

Newsletter