Você está em:
Postado há 0000-00-00 00:00:00

Paralisação: agências do INSS realizam 90% dos atendimentos previstos

Na última terça-feira (16), o INSS (Instituto Nacional de Seguridade Social) realizou 90% dos atendimentos previstos.

Fonte: InfoMoney
Tags: inss

Na última terça-feira (16), o INSS (Instituto Nacional de Seguridade Social) realizou 90% dos atendimentos previstos. As APS (Agências da Previdência Social) atenderam 176.505 segurados e, de acordo com a Receita Federal, o número poderá aumentar, já que alguns dados são processados durante a madrugada.

Segundo a Receita, das 1.110 APS, 964 enviaram informações até as 18h. Nessas agências, em 852 unidades o atendimento foi normal, em 100 o atendimento foi parcial, enquanto que em 12 houve paralisação total.

Para quem não foi atendido

A Receita informa que aqueles segurados que não foram atendidos por conta da paralisação deverão remarcar o atendimento na própria agência. Em casos de concessão de benefício, a data considerada será a do atendimento inicial.

No entanto, para quem remarcar por meio da Central 135, a data considerada para a concessão do benefício será a do novo agendamento.

Para ministro, greve é precipitada

Os servidores do INSS iniciaram paralisação na última terça-feira (16) reivindicando redução da carga horária semanal de trabalho, de 40 horas para 30 horas, sem a diminuição dos salários. Além disso, querem que o governo incorpore a gratificação de função aos seus vencimentos.

Na sexta-feira (12), o ministro do Superior Tribunal de Justiça, Og Fernandes, considerou ilegal e abusiva a paralisação. Por isso, ele determinou a suspensão do movimento grevista sob a justificativa de que prejudicaria a população e estabeleceu multa diária de R$ 100 mil reais em caso de descumprimento.

Para o ministro, a paralisação foi precipitada, uma vez que não houve negociação prévia.