Você está em:
Postado há . Atualizado há

Inteligência artificial na contabilidade: O que muda para o contador?

A grande função social da aplicação do moderno acervo cultural contábil está na orientação dos empreendimentos humanos em direção à prosperidade.” prof. Antônio Lopes de Sá

A inteligência artificial vem avançando diariamente para dentro dos escritórios, empresas e indústrias. Essa transformação está modificando o modo das profissões desempenharem o seu papel. E o contador não foge a regra.

A inovação na contabilidade já atua ativamente em diversos escritórios que viram benefícios em contar com a ajuda da tecnologia, por exemplo: os chatbots (software de comunicação automatizada). Eles são utilizados para otimizar e dar agilidade ao primeiro contato do cliente com o escritório. Por meio dessa inteligência artificial, o contador 2.0 automatiza a comunicação.

Quando se fala em inteligência artificial na contabilidade o que vem à cabeça? Tecnologia? Mas como a tecnologia pode ser aplicada no dia a dia do contador?

Inteligência artificial (por vezes mencionada pela sigla em inglês AI – artificial intelligence) é a inteligência similar à humana exibida por mecanismos ou software. Também é um campo de estudo acadêmico. O principal objetivo dos sistemas de IA, é executar funções que, caso um ser humano fosse executar, seriam consideradas inteligentes. Fonte: Wikipedia

A inteligência artificial na contabilidade substitui o profissional?

“O papel de apenas informante de saldos ou de zelador de assuntos fiscais, vem sendo cada vez mais superado, pois, se substitui pela tecnologia avançada da informática.” prof. Antônio Lopes de Sá

Atendente de guichê de estacionamento, cobrador de ônibus, balconista de supermercado, atendente de telemarketing. Essas são profissões que já sofreram transição e, em alguns lugares, ainda estão sofrendo mudanças.

O receio de ser substituído por um software de gestão pode amedrontar o contador. Mas, é preciso se jogar de cabeça na tecnologia para entender quais as mudanças que a profissão estão sofrendo e como permanecer no mercado.

Nesta transição de papéis, sai de cena o contador estritamente focado em gerar relatórios, digitar documentos, fazer fechamento e entra em cena o contador 2.0. Uma nova versão do contador, totalmente readaptado para sobreviver ao mundo tecnológico.

“A Inteligência Artificial (IA) faz parte da próxima onda de inovação, trazendo grandes mudanças na maneira como pessoas e empresas se relacionam com a tecnologia e como as coisas funcionam.

Desde a revolução industrial, a evolução das ferramentas que aumentam as capacidades humanas é constante. Com a tecnologia, não é diferente. Assim como a chegada do computador pessoal, da computação em nuvem e dos smartphones, a IA é a tecnologia artificial que leva você para onde quer chegar, de forma muito mais rápida, intuitiva e inteligente.” Fonte: SalesForce

Nasce o contador 2.0

“O que se extingue não é a profissão, como difundem os leigos sobre nossos assuntos, mas, uma das funções que nos absorvia muito tempo e até nos impedia de exercer a verdadeira e que é a de explicar os fatos e traçar modelos de comportamento da riqueza.” prof. Antônio Lopes de Sá

A inteligência artificial na contabilidade transforma relatórios que demoravam dias para ser feitos manualmente, em um trabalho de minutos com o uso de um software de gestão. Os arquivos das notas fiscais agora cabem em qualquer computador com acesso a internet. Receber os comprovantes dos clientes no final do mês é coisa do passado, a tecnologia envia em tempo real.

O dia a dia do contador 2.0 muda e com essa mudança, sua função também se modifica:

  • O contador ganhou tempo para se dedicar à gestão do escritório contábil;
  • O atendimento do contador se torna consultivo e segmentado. O contador 2.0 entrega consultoria de valor por meio de informações valiosas que mantêm a empresa do cliente em uma crescente constante;
  • Liderança estratégica: “apagar incêndio” não é liderar estrategicamente. O contador 2.0 passa a liderar o escritório com planejamento e objetivo, encontrando soluções e eliminando futuros problemas;
  • O escritório contábil também precisa de vendas: adquirir clientes novos exige trabalho e tempo em qualquer segmento, inclusive no contábil. O contador passa a se dedicar a encontrar formas de criar oportunidades de negócios.

Inovação na contabilidade garante time de alta performance

“Existem startups atuando em um segmento denominado RegTech (de regulatory tech, ou tecnologia para lidar com regulamentação e compliance) justamente reduzindo drasticamente o custo de empresas lidarem com a excessiva burocracia e regulação do mercado brasileiro.” Edson Rigonatti

A geração que está entrando ou já iniciou no mercado nasceu em meio à tecnologia. Colocar essa geração em serviços operacionais, repetitivos, que podem ser facilmente substituídos por um software de gestão é matar a motivação desta equipe.

Sem estímulos para desenvolver um trabalho eficiente, esses jovens partem em busca de novos desafios. A inteligência artificial na contabilidade propicia o automatização de processos rotineiros e abre espaço para um trabalho mais estratégico, por exemplo:

  • Aproveitar os funcionários mais comunicativos para criar webinars e aumentar o engajamento de futuros clientes com o seu escritório;
  • O funcionário entende muito sobre determinado segmento? Que tal aproveitar este conhecimento para prestar consultoria de valor aos clientes?
  • Criar conteúdos para os seus clientes também é uma ótima forma de utilizar os conhecimentos dos seus colaboradores para gerar atendimento de valor.

Segurança para o empreendedor

O Fisco já possui sistemas com inteligência artificial para cruzar dados empresariais, a fim de evitar possíveis fraudes. Dessa forma é possível identificar com precisão qualquer irregularidade cometida pelos empresários.

O contador 2.0 trabalha fortemente para auxiliar o empresário a otimizar a gestão e evitar penalizações burocráticas. Por meio da tecnologia (integração entre softwares, cliente e escritório contábil), o contador consegue ter acesso em tempo real a todas as transações financeiras efetuadas.

Com a comunicação de relatórios sendo automatizada, qualquer descuido ou erro cometido pelo empresário pode ser visto pelo contador e ajustado em tempo hábil.

Inovação na contabilidade é trabalhar o presente com foco no futuro

O mundo está se reinventando e nessa transformação é preciso estar atento às novas tecnologias. Utilizar ferramentas que otimizam o dia a dia é proporcionar tempo para se dedicar ao que não pode ser automatizado, como: liderança estratégica, gestão e geração de valor aos clientes.

CompartilheNas redes sociais
Outros ArtigosDo dia 29 de August de 2017