Você está em:
Postado há . Atualizado há

A miopia dos poderes constituídos alija o sistema e gera um caos social

“O Brasil dos Poderes Constituídos é completamente diferente do Brasil comum e dos néscios brasileiros”.

“O Brasil dos Poderes Constituídos é completamente diferente do Brasil comum e dos néscios brasileiros”. (Elenito Elias da Costa)

No mundo globalizado e em momento de crise econômica, política e social os fatos se desenrolam com bastante rapidez, e qualquer ação ou atitude que não tenham um planejamento que vislumbre a realidade transparente da sociedade poderá eclodir em catástrofe e vitimar inocentes.

Há tempos que os Poderes Constituídos do Brasil já não conseguem enxergar a sociedade brasileira, e isso poderá um dia, comprovar essa afirmação quando a sociedade decidir negativar essa representação.

Nas Eleições que se aproximam, e verificando o histórico das anteriores podemos identificar esse fato, já que é comprovável á distância existente da sociedade e os Poderes Constituídos.

Os representantes e integrantes desses poderes não tem a capacidade de interpretar a sociedade que já se mostrou bastante insatisfeita com ESSA representação, mesmo sabendo que a busca de manter a regularidade desse SISTEMA é fatalmente lesiva aos interesses sociais.

Haverá um dia em que a SOCIEDADE poderá refletir sobre a necessidade e existência desses Poderes Constituídos, que comprovadamente esqueceu a quem representa e impõe sacrifícios indesejáveis e um dia tais fatos poderão vitimar os algozes.

A ausência de EDUCAÇÃO e SAÚDE de qualidade, a inexistência de EMPREGOS, os constantes sacrifícios exigidos á sociedade, com Juros, Inflação, índices negativos, economia em frangalhos, venda de ativos, e demais fatos poderão gerar uma FÊNIX oriunda do CAOS, APOCALIPSE e INFERNO social.

Observem a seguinte pergunta e reflitam sobre a sapiência de sua essência:

“De que serve os PODERES CONSTITUÍDOS quando não representam os anseios da sociedade no trato dos recursos público gerando INSEGURANÇA, CORRUPÇÃO, DESEMPREGO, FOME, e INCERTEZA de futuro¿

Em face da pergunta e resposta fica comprovada a inexistência da REPRESENTAÇÃO de que o Parágrafo Único do Artigo 1º. Da Constituição Federal do Brasil.

Uma população contingencial de 208.500.000 (Duzentos e oito milhões e quinhentos mi), segundo o IBGE, representa um número significativo que não pode ser representado por uma minoria tão distante dos agravos sociais de que sofre essa sociedade.

Um País continental, com riquezas naturais e terras férteis, DEVE merecer uma sociedade que possa resolver seu PROBLEMA com AÇÃO e ATITUDE para exterminar o CÂNCER que a vitima, mesmo que resulte através do derramamento de sangue, suor e lágrimas, pois o remédio deve ser RADICAL, para o tamanho da moléstia.

Sabemos que o futuro da geração que se inicia está completamente comprometido e isso independe de qualquer um dos candidatos se eleito, pois o SISTEMA está comprovadamente e letalmente afetado, diante dos fatos que assim o comprovam.

É fato que muitos estão saindo do País, é fato que as elites educam seus filhos fora do Brasil, é fato que muitos vivem fora do Brasil, essa ocorrência agrava e comprovam mais ainda a existência INÚTIL dessa representação.

Haverá um dia em que a MAIORIA em AÇÃO e ATITUDE orquestrada poderá extirpar essa MINORIA que se locupleta do Erário e o vitima.

Já se perguntaram:

Por que a ESQUERDA evolui rapidamente em determinado país¿

Desculpe os escritos aqui indicados, mas ACREDITO QUE JÁ DEVEMOS PENSAR sobre esse fato, e que possamos encontrar uma solução apaziguadora antes da solução RADICAL, evitando dissabor, sangue, suor e lágrimas, pois diante desse PROBLEMA a SOLUÇÃO DEVE SER BUSCADA.·.

Acredito que a DEMOCRACIA só funciona em ambiente que exista uma EDUCAÇÃO elevada, ONDE A GULA financeira reconheça a paridade social de cada individuo, MAS isso é um SONHO.

REFERENCIAL BIBLIOGRÁFICO: (Cultura e Educação são fundamentais)

A Bíblia Sagrada (O Apocalipse)

O Idiota (Fiodor M. Dostoievski)

Inferno (Dante Alighieri)

O Inferno (Dan Brown)

Constituição Federal do Brasil

AUTOR: ELENITO ELIAS DA COSTA, um profissional educado, também vitima do SISTEMA.