Você está em:
Postado há 0000-00-00 00:00:00

Pequenos negócios ganham impulso com apoio de microcrédito

Decreto que dobrou limite de renda para enquadramento no Programa de Microcrédito Produtivo OrientadoPelo decreto nº 6607/08, publicado no Diário Oficial da União na quarta-feira (22), o governo federal dobrou o limite de R$ 60 mil para R$ 120 mil.O microcrédito é uma modalidade de financiamento que facilita o acesso dos pequenos empreendedores ao crédito, ou seja, é uma forma mais fácil e rápida do empreendedor de pequenos negócios, na maioria das vezes informal, ter acesso a um crédito mais justo e com juros mais baixos para investir no crescimento da empresa.Segundo Renata Fonseca, diretora-técnica do Sebrae em Alagoas, a nova medida traz grandes facilidades ao empreendedor que recebe o apoio do Sebrae, por meio de alguns projetos de desenvolvimento para às micro e pequenas empresas no Estado. “A partir de agora, teremos mais pessoas acessando o crédito diferenciado, isso será uma injeção de ânimo nos empreendedores de pequenas empresas”, afirma Renata.Para o presidente do Banco Cidadão, Pedro Verdino, a decisão do governo veio em boa hora, já que muitos clientes não podiam mais solicitar empréstimos ao banco porque já haviam ultrapassado o faturamento limite. “Foi um grande avanço essa decisão. O limite para empréstimo estava muito pequeno e já temos clientes com capacidade para adquirir um valor de investimento bem maior que o estabelecido pelo governo, que chegava ao máximo de R$ 10 mil para cada empreendedor”, reforça ele.Atualmente, existem no País cerca de 200 instituições credenciadas ao PNMPO pelo Ministério do Trabalho. Aproximadamente, 900 mil pequenos negócios serão beneficiados com a medida.