Você está em:
Postado há . Atualizado há

Se você acreditar, você vai alcançar

Eu sei o que você está pensando. “Esse cara provavelmente leu uma frase motivacional nas redes sociais e agora ele está nos dizendo que nada é impossível. Tá certo”. Espere.

Eu sei o que você está pensando. “Esse cara provavelmente leu uma frase motivacional nas redes sociais e agora ele está nos dizendo que nada é impossível. Tá certo”.

Eu acho que o mundo não está em falta de artigos, livros, vídeos ou publicações de Facebook motivacionais.

Você não precisa de uma dose maior de #motivaçãodasegunda. Sabe por quê? Esse tipo de motivação não é prática. Ela não faz nada. Não é útil. É como beber Red Bull. O efeito desaparece num instante.

Crença, por outro lado, é uma ferramenta extremamente útil. E é pouco utilizada.

O problema é que a maioria de nós não temos crença. E quando eu digo "crença", falo de um ponto de vista prático.

Não estou falando de esperança ou fé. Eu não acredito que você pode “esperar” pelo melhor, sentar e esperar até que as coisas boas aconteçam a você.

Esperança não é uma estratégia para a vida. Eu prefiro olhar para os fatos e tomar conclusões como um pragmático.

Goste ou não, mas tudo que flutua em sua mente está lá porque você acredita naquilo.

- “A vida não presta”.

- “Não sou bom no que faço”.

- “Nunca encontrarei meu emprego dos sonhos”.

- “Ninguém me ama”.

- “Nunca terei sucesso”.

Vê? Está tudo aí porque você acredita nessas coisas. William James, uma das principais figuras associadas ao pragmatismo, fala da melhor forma:

“A crença ajudará a criar o fato”.

A crença é um instrumento prático que você pode usar para moldar a realidade.

Você já pensou que você decide no que acredita? Não são seus amigos, colegas, família ou a mídia.

Você observa as coisas e, assim, decide no que acredita. É por isso que a crença cria os fatos.

Não, a vida não é uma música de R. Kelly. Você não consegue voar, não importa o quanto você acredite que possa.

Um pragmático sempre está com os pés no chão.

- Você nunca será um líder respeitado sem trabalhar duro.

- Sua vida nunca mudará a menos que você aja.

Mas esse não é o objetivo. Você sabe disso. Não há resultado sem ação.

Tudo se resume a uma pergunta: você acredita que você consegue ou não consegue viver a vida que quer?

É simples assim. Mas é algo que você realmente tem que acreditar.

Uma coisa é dizer que você acredita em algo. Outra coisa completamente diferente é acreditar de verdade.

Deixe-me ressaltar isso compartilhando uma história pessoal. Por toda minha vida, eu vivi com medo. Tudo começou na escola. As pessoas me diziam:

“Se você não tiver notas boas, você não será aceito numa universidade boa, e sem um bom diploma, você nunca conseguirá um emprego, e você se tornará um vagabundo que irá morrer sozinho”.

Depois de escutar isso, meu cérebro de 17 anos entrou num verdadeiro modo de pânico. Eu comecei a acreditar nessa história estúpida.

Quem quer se tornar um vagabundo e morrer sozinho?

Isso é uma metáfora para não acreditar em si. Porque de alguma forma, essa é sempre a alternativa.

Se você fizer algo que é incomum, ou talvez um pouco arriscado, o argumento comum é que você se tornará um sem-teto.

Eu conheço muitas pessoas que dizem que tomaram decisões importantes na vida baseadas no medo.

- Você odeia seu emprego, mas tem medo de ir atrás de outra coisa porque pode perder a sua casa?

- Você quer deixar seu esposo/sua esposa, mas tem medo de morrer sozinho?

- Você estuda até a morte porque tem medo do que seus pais irão dizer quando você desistir?

- Você nunca expõe seu trabalho para o mundo porque você tem medo que as pessoas irão atirar pedras em você porque você é ruim?

Será que isso vai realmente acontecer? Ou é só a sua mente inventando? Provavelmente a segunda opção.

Eu sempre quis me tornar um escritor. Na escola, eu escrevia poemas para a minha namorada. Era meio patético, mas espere, ela gostava dos meus poemas esquisitos. Brincadeiras a parte, eu amava ler e gostava de colocar meus pensamentos no papel.

Mas não, todos os adultos da minha vida tentavam me amedrontar até a morte. “Não dá para ganhar dinheiro sendo um escritor”. Eles provavelmente estavam certos. Não é fácil ganhar dinheiro sendo um escritor.

Mas e daí? Tudo que vale a pena é difícil. Eu não percebi isso lá trás.

Então eu desisti do meu objetivo. E decidi pegar a estrada segura e buscar um diploma em Administração. Eu não me arrependo da minha decisão, pois aprendi muitas coisas úteis.

Mas toda a experiência me transformou numa criatura medrosa. Porque depois de todo esse festival de horrores na escola, eu cheguei ao ponto em que parei de acreditar em mim.

Eu parei de escrever e ler. E isso foi pura perda de tempo que eu poderia ter usado praticando minhas habilidades.

Você pode conquistar qualquer coisa (contanto que você acredite naquilo).

Qual a coisa que você acreditava um dia, mas parou de acreditar por conta do medo? Acho que todos já passamos por isso. Se você não for cauteloso, você sempre estará lá.

Para mim, não foi até dois ou três anos atrás que eu percebi que a crença é um instrumento que pode ajudar você a alcançar seus objetivos.

De alguma maneira eu comecei a ler sobre pragmatismo (que é uma forma de pensar).

E isso mudou completamente minha forma de pensar. Eu percebi que não acreditar em si é inútil. Então eu decidi acreditar que eu conseguiria viver a vida que eu queria.

Eu reconheço que ainda não estou pagando minhas contas por ser escritor. Eu administro um negócio e dou consultoria. Mas eu ganho algum dinheiro com meu blog. E isso é muito bom de se saber para uma versão minha de 17 anos.

Acreditar em si é muito simples. Você pode fazer isso também. Apenas acredite que crença é um instrumento. Essa ideia não é nova nem nada do tipo. Ela está aí por centenas de anos. As pessoas simplesmente dão nomes diferentes para ela.

Eu não me importo com como você chama isso. Mas adivinhe o que aconteceu desde que eu comecei a usar a crença como um instrumento? A maioria das coisas são fatos agora. E as outras coisas que eu acredito um dia serão um fato.

Como eu tenho tanta certeza?

Porque minha mente pode imaginar isso. E se sua mente pode imaginar isso, você pode conquistar isso.

Isso não é uma frase motivacional. Isso é um fato.

Você acredita nisso?