Você está em:
Postado há . Atualizado há

Sonho e realidade

Estamos vivendo num mundo globalizado, e o futuro exige que o profissional tenha valores

“Brasileiros (as) devem refletir sobre o SONHO da propaganda e a realidade dos fatos que inserem dúvidas sobre um futuro promissor”. (Elenito Elias da Costa)

Estamos vivendo num mundo globalizado, e o futuro exige que o profissional tenha valores, capacitação e qualificação, focados numa evolução cibernética, e sem muros que podem limitar essa evolução.

É verdade que as REFORMAS limitam os recursos para o desenvolvimento dos munícipes, dos trabalhadores e dos adultos, mas acredito que tudo tem começo, meio e fim, e com a sociedade eleitoreira mais informada, poderá tomar a decisão mais acertada, e punir aqueles que votaram contra a vontade popular.

Lembro que os “representantes do povo” podem ser substituídos facilmente, desde que o povo assim acredite e o mais grave é que com a tecnologia da informação e a inteligência artificial inseridas junto ás mídias informam quais aqueles que merecem o VOTO do eleitor brasileiro.

É fato que os congressistas brasileiros traíram a sociedade eleitoreira e devem pagar o preço por essa ação, acredito que eles sabiam perfeitamente o que estavam fazendo quando aceitaram o “valor” da negociação, e muitos devem sofrer essa conseqüência.

Devemos entender que a MUDANÇA é a única palavra constante no nosso dicionário, e é fundamental que todos entendam a necessidade do momento das eleições em 2018.

Só teremos futuro se houver uma mudança radical dos congressistas, em todos os níveis, pois quando os Poderes Constituídos estão se exaurindo, perdendo a credibilidade da sociedade é factível que a mudança seja profunda.

Os representantes dos Poderes Constituídos não souberam aproveitar o momento para modificar qualitativamente o sistema, e fatalmente a mudança aconteceu negativamente, onde foi apresentado a população um quadro comprovadamente corrupto, achacador, e apropriadores dos recursos públicos, e essa decepção foi caótica.

Quando um palhaço quase analfabeto sobe a tribuna e pronúncia mais de 10 vezes a palavra DECEPÇÃO em seu discurso de despedida, é prova inconteste que mesmo com sua limitação demonstrou o CÂNCER letal que envolve todo o sistema.

A vã tentativa de resgatar a credibilidade em alguns momentos dos Poderes Constituídos é prova inquestionável da perecividade dos valores que envolvem os integrantes desse sistema.

Hoje, o problema do Brasil não é de LEIS e sim de homens com valores e princípios que possam aplicá-las, e cumprir as LEIS, e o mais gritante é que até esses valores e princípios foram jogados por terra, deixando a população a mercê de vivaldinos, oportunistas que tem outros tipos de valores.

A sociedade não tem alternativa, ou procede a MUDANÇA necessária ou consolida a ANARQUIA e o CAOS que estamos vivenciando.

A singularidade do brasileiro pode até idiotizar esse eleitor, mas um dia a casa cai por terra e a verdade aparece, ressalto que essa tragédia pode até ser violenta, mas esse processo deve ser radical.

Fico imaginando se o eleitor brasileiro proceder á mudança necessária os que restarem devem ficar atentos e não mais votaram CONTRA O POVO, e saberão o significado da palavra REPRESENTAÇÃO, ou seja, o povo pode a qualquer tempo proceder á mudança, é o político é empregado do povo.

A minoria existente nos Poderes Constituídos deve ser EXAURIDA de qualquer forma, pois só haverá mudança se houver essa assepsia necessária.

A melhor informação e mais transparente sobre o Brasil é obtida fora do Brasil, pois dentro á mídia está comprometida e tenta de diversas formas induzirem o eleitor ao ERRO.

Lamento mas é chegado a HORA DA VERDADE, onde o povo deverá julgar o comportamento de seu representante diante do VOTO.

AUTOR: ELENITO ELIAS DA COSTA, um ser com educação globalizada.

CompartilheNas redes sociais
Outros ArtigosDo dia 29 de December de 2017