Você está em:
Postado há . Atualizado há

Palavras ao vento, incolores, insípidas e inodoras

MAIAKÓVSKY nos ensina que diante dos fatos que assolam e aprisionam uma sociedade e lhe causam MEDO

No caminho com Maiakóvski

"[...]

Na primeira noite eles se aproximam

e roubam uma flor

do nosso jardim.

E não dizemos nada.

Na segunda noite, já não se escondem;

pisam as flores,

matam nosso cão,

e não dizemos nada.

Até que um dia,

o mais frágil deles

entra sozinho em nossa casa,

rouba-nos a luz, e,

conhecendo nosso medo,

arranca-nos a voz da garganta.

E já não podemos dizer nada.

[...]"

MAIAKÓVSKY nos ensina que diante dos fatos que assolam e aprisionam uma sociedade e lhe causam MEDO, a solução recomendável é a REAÇÃO AO MEDO, nos libertando dos grilhões que inibem a REAÇÃO mais coerente.

LAMENTO mas INEXISTE outra solução, pois o enfrentamento é a solução mais viável, diante de um QUADRO NEGRO que garfa nossos DIREITOS, atualmente o SISTEMA busca sua continuidade e sua sustentabilidade e independe da DOR que sofre a sociedade.

Quando uma sociedade se torna, DOMADA, DOMESTICADA, e ADESTRADA, o SISTEMA e os PODERES que o legitimam buscam tirar proveito de sua inépcia, negligência, e letargia, pois seus valores e princípios estão por terra e ELES sabem que sua COVARDIA afeta a sua REAÇÃO.

A GULA que alimenta o SISTEMA demonstra a sua necessidade de buscar mais CAPITAL, e alguém deve alimenta-lo mesmo que para isso comprometa a GERAÇÃO FUTURA, pois os princípios democráticos que acreditam possuir já não se fazem bastar, tendo em vista a energia que rapidamente está se esvaindo.

Numa sociedade em que sabemos quem representa o CANCÊR que nos abate, nos transforma em PALHAÇOS, esperamos um dia nos desfazer da máscara e possamos enfrentar o MEDO que nos revela MAIAKÓVSKY.

AUTOR: ELENITO ELIAS DA COSTA, um ser pensante.

CompartilheNas redes sociais
Outros ArtigosDo dia 27 de April de 2017