Você está em:
Postado . Atualizado à

Conselho para profissionais e empresas para o ano de 2017

Profissionais, capacitados e qualificados, agregados a uma Gestão Empresarial flexível, tem mais possibilidade de conter os RISCOS prováveis

“A capacitação e a qualificação profissional devem ser RECURSOS indispensáveis para o ano de 2017, mas sua ausência compõe o LIXO que também alimenta o SISTEMA, negativamente, é claro.” (Elenito Elias da Costa).

Profissionais, capacitados e qualificados, agregados a uma Gestão Empresarial flexível, tem mais possibilidade de conter os RISCOS prováveis, resultando em maior continuidade e sustentabilidade da atividade econômica de ambos, pois o ano em curso exige maior competência de seus articuladores.

Lembro que as empresas integrantes do Sistema do Simples devem rever sua transparência e controle interno no tocante ao atendimento as obrigações tributárias e comprove a sua regularidade jurídica e fiscal.

Mas inegavelmente a existência de um PLANEJAMENTO EMPRESARIAL, com sincronia racional com a sua CONTABILIDADE, com exímio controle de CUSTOS e DESPESAS, ESTOQUES, COMPRAS, OTIMIZAÇÃO DE CUSTOS e PRECIFICAÇÃO, IMPACTO DOS CUSTOS TRIBUTÁVEIS, devem seguir em sintonia com seus registros.

Sei que poucos hão de entender, mas: O W W W W H, com o P D C A, devem ser analisados pela S W O T e inserido as melhorias para conter os pontos fracos e elevar os pontos fortes, seguindo esse raciocínio o mercado externo deve ser o maior foco.

Tenho certeza que a grande mortandade de pequenas empresas no Brasil não tem como consequência não a ausência de Capital, mas o que está descrito no parágrafo anterior.

Pois quando no universo de 5.000(cinco mil) pequenas empresas, somente 10% (dez por cento), sobrevivem após 5 (cinco) anos, essa informação é do SEBRAE, com toda a seu desempenho.

Acredito ainda que a qualidade educacional na formação dos profissionais tem sua parcela de importância nessa análise.

Ressalto que apesar do Brasil ser um país continental, ter riquezas naturais e terras férteis, sem agressão climática, nem fenômeno natural que o abale, um povo trabalhador não consegue traduzir TUDO isso em riquezas sociais pelo fato de não possuir uma EDUCAÇÃO DE QUALIDADE.

A geração futura deverá ter ambições maiores e mais antenadas com o mundo globalizado, mas isso exige uma EDUCAÇÃO DE QUALIDADE, caso contrário os PARTIDOS POLÍTICOS, POLITICOS, PODERES e FACÇÕES limitarão esses agravos, pois isso implica na doma e adestramento dos eleitores.

A inexistência de nossos VALORES e PRINCÍPIOS inibe o nosso desenvolvimento social.

Lembro que as OBRIGAÇÕES TRIBUTÁRIAS de profissionais e de empresas de qualquer porte, forma e tamanho, devem ser atendidos e sua sincronia racional deve ser a bussola do continuísmo de seu labor ou mesmo de sua atividade econômica.

Aconselho a tomada de decisões com AÇÃO e ATITUDES focadas em um planejamento estratégico que considere diversas variáveis, dentre elas a leitura dos seguintes aconselhamentos:

a) BÍBLIA SAGRADA

b) CONSTITUIÇÃO FEDERAL DO BRASIL

c) O CAPITAL de Karl Marx

d) O CAPITAL DO SECULO XXI, de Thomas Piketty.

e) O IDIOTA de Fiódor M. Dostoievsky

f) O LIVRO VERMELHO de Mao TSE Tung

g) O MANIFESTO COMUNISTA de Karl Marx e Engles

h) MEUS ARTIGOS E MEUS LIVROS PUBLICADOS

Talvez possamos visualizar as pirotecnias de marketing realizadas pela mídia e demais seres que pensão que o brasileiro é um perfeito IDIOTA e que pensa só em Futebol (Copinhas), Carnaval (fora de época), impossibilitando sua visão dos reais fatos que nos ADESTRA e nos torna NÉSCIOS tais como: PEC’s, Reformas Previdenciárias, Reformas Trabalhistas, e demais fatos degradantes.

Lembro que a REDUÇÃO DE INVESTIMENTOS em educação, saúde, empregabilidade, e similares, ameaça à geração futura, e poucos podem interpretar tais situações por motivos óbvios de sua limitação.

Mas, lembro que o LIXO que exala da Nação também alimenta o SISTEMA que retroalimenta com sua INAÇÃO.

Gostaria muito de ter uma reflexão sobre o significado de FACÇÃO POLÍTICA e FACÇÃO CRIMINOSA, em que elas se diferem, se ambas agridem a sociedade, eis a questão.

“O que nos difere dos ANIMAIS IRRACIONAIS é a nossa RACIONALIDADE em transformar a EDUCAÇÃO em AÇÕES e ATITUDES sociais que possibilitem a redução dos AGRAVOS SOCIAIS, mas pensando bem, isso NÃO é DIFERENÇA, pois ambos pensam da mesma forma, então.....”.

AUTOR: ELENITO ELIAS DA COSTA, um ser pensante e não alienado.

CompartilheNas redes sociais
Outras ArtigosDo dia 10 de January de 2017