Você está em:
Postado . Atualizado à

Por que o verde de nossa bandeira tem tudo haver conosco?

“Muitas vezes o VERDE da nossa esperança se coaduna com outro tipo de alimento VERDE, respeitosamente falando” (Os autores).

“Muitas vezes o VERDE da nossa esperança se coaduna com outro tipo de alimento VERDE, respeitosamente falando” (Os autores).

Gostaríamos de nos expressarmos com bastante eloquência e utilizar um linguajar acadêmico, mas sabemos que há ainda alguns brasileiros poderiam não entender, daí passamos a utilizar uma linguagem mediana para que possa alcançar todos, indiferentemente.

É bem verdade que a Tecnologia da Informação, inserida nas mídias tem um alcance à todos e em todas as ricas regiões desse Brasil, e os fatos que hão de transformar esse RICO país em um país POBRE, e que estão sendo aprovados pelos congressistas na “capital de todos os brasileiros”, nos deixam bastante intranquilos.

Ressaltamos que não podemos VIVER nossas vidas dependendo de um grupo que resolveram se locupletar do Erário, deixando a conta a ser paga pela população menos favorecida, e seu apego ao PODER minam quaisquer projetos ou mesmo programas que possam reduzir os agravos sociais.

Todo POVO tem o GOVERNO QUE MERECE, talvez esse paradigma nos forneça um entendimento para que possa explicar o que acontece com uma MASSA que deseja ser uma NAÇÃO.

Os fatos degradantes oriundos das Excelências (Partidos Políticos, Políticos, Juízes, Ministros e similares), nos oferece um entendimento que nos possibilita entender que NADA SOMOS, e aquela fantasia de que “O PODER EMANA DO POVO E PARA ELE DEVE SER EXERCIDO” é somente uma falácia.

Lembro aos senhores (as) leitores que há um livro de grande importância, denominado de CONSTITUIÇÃO FEDERAL, que nos foi apresentado em 1988, e passamos à dar a ele o devido crédito, talvez aí esteja o nosso ERRO, acreditar que os integrantes dos PODERES CONSTITUÍDOS, poderiam (Executivo ,Legislativo e Judiciário),“entender” que apesar de serem PAGOS através da RECEITA PÚBLICA, originariamente derivada de nossos TRIBUTOS arrecadados pelo nosso sangue, suor e lágrimas, poderiam nos tratar como SOCIEDADE, mas é ledo engano.

A singularidade de nosso desejo é somente TER uma EDUCAÇÃO DE QUALIDADE, ASSIM COMO A SAÚDE, e se possível ter um emprego que nos possa nosso orçamento suportar, não poderíamos sentir que esse singelo desejo poderia afrontar os nossos ALGOZES.

Os fatos atuais provindos de nossos PODERES CONSTITUÍDOS legitimam as INVERDADES contidas no livro de sonhos denominado de CONSTITUIÇÃO FEDERAL, e nos ofende quando nos trata como REPUBLICA FEDERATIVA e nos deprime quando nos chama de estado LAICO e DEMOCRÁTICO.

A realidade desses fatos diante de suas consequências nos dirime a entender que haverá uma geração de ZUMBIS que hão de se adequar as condições de sub-raça, já que a MASSA atual se encontra no nível letárgico que culminará com o CAOS ou CATÁSTROFE que dará inveja a temperatura do INFERNO, prescrito por Dante Alighieri e por Dan Brown.

A nossa inépcia, negligência e imperícia nos condicionam a permanecer INERTE diante dos fatos que nos oprime, e nos lembram do poema de MAYAKOVSKY, agregado ao entendimento do livro O IDIOTA de Fiódor M. Dostoiévsky.

Talvez se faça necessário á leitura do entendimento reflexivo do livro O CAPITAL de Karl Marx em sincronia racional com o livro O CAPITAL DO SÉCULO XXI de Thomas Piketty, mas acredito que isso é pedir demais, é que somos audaciosos em nossos intentos.

A BIBLIA SAGRADA também recomendável, mas somente para dar tranquilidade ás famílias daqueles que se foram na luta contra esses grilhões que nos acorrentam e que podem ameaçar toda uma geração futura, pois só temos a orar e agradecer aqueles que abreviaram seu encontro celestial por salvar uma geração.

Devemos entender que o VERDE predominante em nossa Bandeira representa a riqueza de nossas matas e florestas e não o alimento que nos vitima, daí a grande de diferença qualitativa no entendimento do exposto.

Que a nossa luta de hoje seja por um futuro promissor para uma geração futura, e que possa merecer registro na história de uma NAÇÃO.

Sabemos que nada SOMOS, mas nada SEREMOS se não houver resistência que possa mudar o quadro retrogrado que se apresenta, e que nossos filhos e netos possam entender o que fizemos para que seu futuro coexista satisfatoriamente.

Acreditamos que a único fator CONSTANTE EM NOSSA VIDA É A MUDANÇA e isso nos impele a resistir e lutar até as últimas consequências, mesmo que possamos cortar a própria carne, mas é por uma motivo justificável.

Quiçá possamos atravessar essa fase com o menor CUSTO e consequentemente com a menor DESPESA, mas sabemos, o RESULTADO POSITIVO tem um preço a ser pago, o importante é sabermos que estamos cientes desse fato.

Louvamos os esforços daquelas Instituições de Ensino Superior que diante de tantas dificuldades conseguem oferecer uma educação de qualidade aos seus educandos, na busca de contribuir para que a diferença qualitativa se assemelhe as exigências de uma Economia globalizada, de um profissional atualizado com os fatores de uma inteligência emocional , virtual e acima de tudo racional , buscando oferecer o diferencial no mercado de labor.

Pedimos humildemente desculpas aqueles se sentiram tocados no entendimento dos referidos, mas acreditamos que os fins justificam os meios, e o RISCO de mortandade de um contingente populacional pode ser evitado se houver uma mobilização em sincronia racional de um objetivo.

AUTORES:

Elenito Elias da Costa, contador, auditor, analista econômico e financeiro, professor universitário, pesquisador, escritor, palestrante, nada mais que um SER HUMANO.

Marcos Antônio da Silva Costa, bacharel em Ciências Sociais, licenciado em Sociologia, especialista em administração, supervisão e coordenação Escolar, professor universitário, pesquisador, palestrante, escritor, nada mais que um SER HUMANO.

CompartilheNas redes sociais
Outras ArtigosDo dia 12 de December de 2016