Você está em:
Postado há . Atualizado há

No Brasil a população é um mero objeto de uso

No Brasil a população é um mero objeto de uso, pois a ideia de que o PODER EMANA DO POVO E PARA ELE DEVER SER EXERCIDO

No Brasil a população é um mero objeto de uso, pois a ideia de que o PODER EMANA DO POVO E PARA ELE DEVER SER EXERCIDO, é somente um adendo popular inserido numa peça de fantasia denominada de CONSTITUIÇÃO FEDERAL, pois, sem EDUCAÇÃO, sem SAÚDE, sem EMPREGO, sem RECURSOS, sem CORAGEM, sem SAÍDA, deixará os poderes constituídos se digladiando entre si, o PODER EXECUTIVO envolto em escândalos ficando isolado, o PODER LEGISLATIVO pertencente ao Vice-Presidente, Articulador Político tem nas mãos o SENADO e a CÂMARA que juntamente com a mídia, envolvidos em escândalos de corrupção e indébitos fiscais, ARTICULAM UM VISÍVEL GOLPE DE ESTADO, e o PODER JUDICIÁRIO tenta resgatar a JUSTIÇA, ficando os interesses populares e o futuro do PAÍS sob a responsabilidade da MOBILIZAÇÃO POPULAR, que deve se mobilizar caso não deseje retornar a um passado sombrio. A maior reflexão é identificar a quem INTERESSA tamanha SITUAÇÃO. A DISTÂNCIA DOS PODERES CONSTITUÍDOS E OS INTERESSES DA POPULAÇÃO São INVERSAMENTE PROPORCIONAIS A EXISTÊNCIA DE UM GOLPE DE ESTADO QUE ESTÁ SENDO CONSTRUÍDO SORRATEIRAMENTE.

CompartilheNas redes sociais
Outros ArtigosDo dia 07 de August de 2015