Você está em:
Postado há . Atualizado há

Você e a rápida transformação do mundo

Quando jovem não acreditava no que ensinavam e que eu sentia falho, inútil, sem bases substanciais

“Quando jovem não acreditava no que ensinavam e que eu sentia falho, inútil, sem bases substanciais. A verdade estava em mim: eu a procurava dentro de mim (como admitia Santo Agostinho). Rebelde a toda direção lançava-me sobre o cognoscível humano ao acaso, procurando secretamente a minha verdade. Olhava o mundo e as coisas de dentro, nas causas e nos princípios, e não nos efeitos e em sua utilização prática. Como os positivos e os práticos podem considerar-me um incompetente na exploração utilitária da vida, assim eu os posso considerar como incompetentes diante da solução dos problemas do conhecimento.” (Pietro Ubaldi, COMENTÁRIOS, página 162, Fundação Pietro Ubaldi).”

As transformações rápidas que acontecem no mundo passam exigir identificas adaptações e entendimento de profissionais e instituições, para que possam interagir com uma Economia globalizada, crises, ajustes fiscais, majoração de custos e despesas, juros em elevação, inflação crescente, mercado envolvente, produtos em estoques e demais fatos que podem OPORTUNIZAR ações racionais, mas devemos nos preparar para que possamos conter o RISCO considerável.

Sabemos que a sociedade para por mutações, onde os fatos exigem ações proativas que possam se adequar a um planejamento empresarial exequível e racional, mas isso implica na capacitação e qualificação dos profissionais envolvidos no sistema.

O sistema está pondo em CHECK o perfil profissional do mundo moderno e globalizado e somente terá sucesso aquele que souber entender com aquiescência o seu feeling.

Empresas e produtos exigem de seus gestores e profissionais o que de melhor eles podem exercer diante dos fatos intrínsecos e extrínsecos que estão submetidos e os resultados é que podem lhe dar a sustentabilidade e continuidade de suas atividade econômica.

Estamos susceptíveis a intempéries que nos assolam e exigem uma ação racional para que possamos ultrapassa-la com resultados suportáveis, mas sabemos que diante desse hiato econômico muitos farão parte de estatísticas lamentáveis.

A transparência e o controle interno são fundamentais para que possamos alçar vôo mais alto, e para que possamos agir com maestria e expertise que o momento exige.

Os profissionais devem entender que o momento exige postura diferenciada e criativa para que possamos conviver com o nível de transparência e de controle interno suportável que exige o sistema econômico e tributável.

Sabemos que, por cultura não estávamos preparado para tal exigência, mas fomos pegos por uma onda maquiavélica que fatalmente nos exige ações proativas e racionais, se assim desejamos obter êxito nessa travessia, mesmo sabemos das sequelas que estaremos expostos.

É, mister ressalvarmos que somente alguns sobreviverão, por motivos óbvios haja vista a sua pífia cultura e educação, fragilizada por fatores diversos que fatalmente os tornarão vitimas e que passarão a conviver com números estatísticos na história, isso se alguém se propuser a relatar o fato.

Devemos observar que os países estão se mobilizando para inserir no mercado os seus produtos e consequentemente a sua parceria, que diante desses fatos fará parte integrante da sociedade consumidora de produtos com preços, qualidade e consistência adequada, mas que atinge o mercado para a sua mobilidade.

Não há tempo para ações torpes e inúteis, pois inexiste tempo nem investimento para esse experimento, ou seja, o mercado globalizado exige profissionais preparados para que possa enfrenta-lo, ou simplesmente a sua vida fará parte da história singular de sua família e a exiguidade do tempo será um adversário muito forte em sua lembrança.

Lamento mas não sou o dono da verdade nem tão pouco gostaria de assim me expressar, mas se não houver mobilização para uma mudança radical estaremos fadado ao fracasso, mesmo que possamos nos contentar com lúdicas riquezas que o sistema lhe oferece.

Estudar e trabalhar são fatores essenciais para mantê-lo inserido no sistema, os demais são consequenciais, pois qualquer outro opção pode lhe custar ônus que poderão ser insuportáveis para os seus recursos atuais.

Acredito que o INVESTIMENTO deve receber o ÁGIO que o bonifica, desde que adequadamente aplicado, obedecendo é claro aos preceitos legais para sua licitude e continuidade.

Não poderia concluir o referido sem lhe desejar SORTE em suas opções, mas aconselho a proceder com um estudo prolixo e qualificado para que possa minimizar os RISCOS nele inserido.

AUTOR: ELENITO ELIAS DA COSTA, contador, auditor, assessor empresarial, escritor, palestrante, professor universitário e um ser humano.

www.elenitoeliasdacosta.blogspot.com.br

CompartilheNas redes sociais
Outros ArtigosDo dia 08 de June de 2015