Você está em:
Postado há . Atualizado há

Navegando no mar de incertezas

Parece que a solução para o retorno a normalidade de determinadas ECONOMIAS

“Parece que a solução para o retorno a normalidade de determinadas ECONOMIAS, diante do quadro de série gravidade, o remédio deve ser ingerido através de medidas homeopáticas, para não causar RISCO á sociedade, pois o ÔNUS deve ser suportado num sistema capitalista com democracia, que privilegia sua liberdade de expressão e o seu direito de IR e VIR, assim como sistema CIRCENSE, ou se preferir num ZOO.”

Duas indagações me fazem refletir sobre a afirmativa acima:

  1. Quando leva sua família para um espetáculo circense, você tem absoluta certeza onde está o PALHAÇO¿

  1. Quando em outro dia leva sua família para visitar um ZOOLÓGICO, você tem absoluta certeza onde está o ANIMAL¿

Em determinado país o ÔNUS de ter: soberania, cidadania, dignidade da pessoa humana, valores sociais do trabalho e da livre iniciativo, e o pluralismo politico, alicerçados pelo poder que emana do povo, que o exerce por meio de representantes eleitos ou diretamente. Advirto que isso pode parecer um devaneio.

Ter como objetivos: construir uma sociedade livre, justa e solidária, garantir o desenvolvimento nacional, erradicar a pobreza e a marginalização e reduzir as desigualdades sociais e regionais, promover o bem de todos, sem preconceitos de origem, raça, sexo, cor, idade e quaisquer outras formas de discriminações. Tenho certeza que não estou me sentindo bem.

Ter como direitos e garantias fundamentais: Todos são iguais perante a lei, sem distinção de qualquer natureza, garantindo-se aos cidadãos e/ou cidadãs, e aos estrangeiros residentes naquele país a inviolabilidade do direito á vida, á liberdade, á igualdade, á segurança e a propriedade, nos termos prescritos naquela legislação. Estou beirando a loucura.

Diante das variáveis (intrínsecas e extrínsecas), tais como, juros, inflação, majoração de obrigações tributárias, elevação de custos e despesas operacionais, devemos refletir que em todos os níveis de governo, melhorar e aumentar investimentos devem ser a agenda de quem assumir qualquer cargo em 2015(Robert Wood), e devemos conviver com essas readequações.

“Agora que as feridas fecharam, e a paz voltou, que ela tenha longa vida entre nós. Amém. (Ricardo III de W. Shakespeare).

Devemos acreditar que após a tempestade há vir abonança, esperamos que seja verossímil tal afirmação.

Temo por aquelas pequenas empresas com gestão empresarial e profissionais limitados, aqueles com limitações na sua capacitação e qualificação, obviamente estarão sob RISCO, e deverão pagar um preço elevado, devendo influenciar na sua sustentabilidade e continuidade de sua atividade econômica.

Daí, podemos entender a necessidade de retornar a ACADEMIA, ou mesmo se atualizar para conter os efeitos dessa readequação.

Transparência, controle interno e planejamento são essenciais para qualquer empresa de qualquer forma e tamanho, inclusive para qualquer opção de regime tributário, principalmente para o sistema SIMPLES onde abriga um maior número de empresa nas regiões mais carentes, ou seja, Norte, Nordeste e Centro Oeste, onde acontecerá a maior “sofrência”.

Ressalto que no presente não se refere a nenhum país, mas devemos refletir sobre os fatos elencados iniciais, para que tenhamos a certeza da nossa existência e se realmente estamos nos esforçando para por em prática os CONCEITOS acima referidos.

Lembro, que a leitura dos meus ARTIGOS e LIVROS publicados tem ajudado a diversos leitores na busca de soluções para determinados problemas, mas advirto que o entendimento requer uma educação globalizada.

Desculpe senhores, estava sonhando, devo retornar ao meu tratamento psicoterapêutico, destinado á doentes com menor grau de agressividade.

CompartilheNas redes sociais
Outros ArtigosDo dia 26 de January de 2015