Você está em:
Postado há 0000-00-00 00:00:00

Só Para Contador (A)

Nefasto ser que dilacera sonhos lúdicos

Nefasto ser que dilacera sonhos lúdicos

Inibe nosso conceito, ameaça nosso caráter

Mas ascende nossa libido e desperta Afrodite

Que com a sua chama insana nos acopla, pois

Desnudos nos amamos, sem nenhuma restrição normativa

Nem mesmo o SPED nos limita

Pois o CPC nos abunda

A chama da liberdade reascende

A Kama Sutra mensura momento sublime

Somos réus de nossas ações, e sim, profissionais

Culpados por não conhecer limites

Amantes, no espírito vernacular da palavra

Humanos em nossas paixões calientes

Nem Ativo nem Passivo, só ficantes

Nem Lucro nem Prejuízo, só resultados positivos

Com AJUSTES normais, nos amamos

Sem Notas Explicativas nos entendemos

Com o Balanço Patrimonial nos agrupa com a mais valia

Com a DRE nos envolve sem Culpabilidade

Mas, amanhece e os raios solares exigem uma lícita DFC

Apresenta nossa responsabilidade transparente

Oh!  Vida laboral que oriunda esse vil metal

Somos escravos da paixão e do labor

Merecemos um relax em up grade na DVA

Pois a simples DMPL nos faz lembrar que somos

Simplesmente, seres humanos, contadores (ras).

AUTOR: Elenito Elias da Costa

CompartilheNas redes sociais
Outros ArtigosDo dia 10 de December de 2012